bem cedinho

abra bem os olhos e preste atenção nos sinais telepáticos que emergem do céu. ouça minha voz dizer que já está tudo bem certo e automaicamente controlado. estatize-se e faça fluir forças ditatoiais sob a democracia inconstante da cor da sua pele. alterne todo brilho dos seus dentes com o amargo pastoso da minha garganta. aprenda a cantar a ciranda e entregar-se aos monmentos dançantes das ruas antigas. vá para o sul do brasil, aniquile sua aura infantil e reparta sua libido como molho para churrasco. esqueça a pele, os fios lisos dos pelos morenos do teu corpo, minha menina. deixe viver. me acorde pela manhã, deixe o leite em fervura manchar o fogão e o café se adoçar para reunir o bairro de insetos entre meu copo e o seu.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s