cabelo gozado

são tardes perfeitas, amor tipo anna júlia, não solidão nefasta, sim amor platônico, arrebatador, assustador, é verdade! espero às 13h para contemplar as infecções que surgirão em minha pele, um amor feito de desejo e vontade de aprendizagem, um amor que só dura 10 horas, um amor feito de sensibilidade, um amor que não permite o toque, o amor pelo toque, como já disse outras vezes, o amor que só existe por contemplação.
diz:
eu sou uma pessoa sensível
diz:
eu necessito muito de amor
diz:
minha personalidade não é forte ao ponto de dizer que sou sensível.
é como o pierrô e a colombina, uma coisa meio que armada, uma devastação meio que combinada, uma devastação premeditada para o choro dar certo, para que no futuro a tinta negra cubra o pó branco da maquilagem.
e é engraçado quando no final das 10h corridas esquecemos que o amor aconteceu, existiu e não passou com “aquela” dor, que tudo não passa de 36000 segundo contados com a precisão do relógio oficial de brasília, que de tudo só restou o gozo que mesmo não sabendo como, ficou preso, armando e endurecendo o cabelo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s